Faculdade Rodolfo Teófilo

Comissão Própria de Avaliação

Você sabe o que é a CPA?

A CPA é responsável pelos processos de planejamento, sistematização e execução da avaliação interna no âmbito da FRT. Sua criação foi baseada nas orientações do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e as providências estabelecidas na Lei Nº 10.861, de 14 de abril de 2004.

Está instituída de acordo com o inciso I, parágrafo 2º do art. 7º da Portaria MEC nº 2.051/2004, com garantia da participação das comunidades interna e externa, e sua composição assegura representatividade legítima dos segmentos (docente, discente, técnico-administrativo e sociedade civil organizada), sem predominância de nenhum segmento e na forma da legislação vigente.

A CPA obedecerá às seguintes diretrizes:

  • Conscientização da necessidade da avaliação por todos os segmentos;
  • Reconhecimento da legitimidade e pertinência dos procedimentos adotados;
  • Envolvimento de todos os segmentos no processo de avaliação e na implementação das decisões oriundas desse processo.

A avaliação institucional constitui objeto de preocupação e análise na FRT desde antes de sua fundação, quando já se ensaiava na Escola Cearense de Oncologia (também mantida pelo ICC e que evoluiu para a FRT), de maneira intencional e formal, os primeiros procedimentos de autoavaliação. A formalização do projeto de avaliação institucional da Faculdade ocorre com a elaboração, em 2015, do Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI 2017-2022, no qual a FRT define o cronograma para sua autoavaliação neste período.

Assim, a avaliação institucional da FRT visa a continuidade de seu processo de auto-conhecimento da IES, detectando suas necessidades, seu êxitos e problemas, com vistas às tomadas de decisões e ao repensar de seu Projeto Político-Pedagógico.

Para a operacionalização da avaliação institucional na FRT, serão utilizados procedimentos que garantam a participação de toda a comunidade de forma autônoma e igualitária, para cada segmento – aluno, professores, funcionários e coordenadores de cursos – e se desenvolverá em três etapas principais:

  • AVALIAÇÃO INTERNA – AUTOAVALIAÇÃO
  • AVALIAÇÃO EXTERNA
  • AVALIAÇÃO DO CURSO E FRT PELOS EGRESSOS

Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Presidente da Comissão

Larisse Macedo De Almeida
Representante do Corpo Técnico Administrativo

Luana Nunes Caldini
Representante Docente

Carlos Heli Bezerra Leite
Representante Discente – aluno do DINTER

Maria Luiza Gonçalves Nascimento
Representante da sociedade civil organizada


Fale Conosco